Luciano Huck reforma casa, volta 6 meses depois e oque encontrar deixa todos de boca aberta ‘lixão’

Considerado um dos maiores apresentadores e influenciadores da TV brasileira, o apresentador Luciano Huck faz um grande sucesso por ser conhecido por suas caridades e quadros em seu programa que visam ajudar as pessoas mais necessitadas.

Um exemplo disso é o quadro ‘Lar doce Lar’, onde ele reforma as residências de pessoas carentes com apoio de patrocinadores. Sendo assim, seu programa atinge uma enorme audiência por trazer grande emoção para os telespectadores.

No entanto, nem tudo sai como o planejado ou permanece como o esperado. Nesse caso, Luciano contou a história da família asiática ‘Kirino’, que sobrevivia em condições bastante precárias em uma residência tão desorganizada que parecia era com um lixão. Essa triste situação chamou tanta a atenção do apresentador que ele decidiu ajudar e reformou a casa em questão.

A moradia passou por uma grande reforma e se transformou em um belo lar lindo e aconchegante. Ela não só foi toda reformada como ganhou móveis novos, o que a deixou ainda mais bela.

A transformação deu tão certo que muitos acreditaram que essa teria sido uma das melhores reformas realizadas pelo programa. Na ocasião, a família adorou como ficou o novo lar e agradeceram o apresentador e ao programa.

Mas, infelizmente, nem todos dão o devido valor quando recebem esse tipo de ajuda. Nesse caso, como é de costume do apresentador fazer, ele decidiu retornar depois de um tempo e o que viu foi triste demais.

O fato é que a família havia voltado a viver em total desordem e isso acabou deixando os telespectadores irados. Quem assistiu ao programa na época, pode notar que a casa mais parecia um cenário de guerra. Ela, que a 6 meses estava linda e bem arrumada, agora estava cheia de lixo pelo chão com um monte de roupas sujas.

Isso acabou se tornando viral na mídia e causou muita vergonha alheia em todos que estavam no local ou que assistiram pela TV.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *