Amante grávida é queimada viva dentro de carro pelo pai do bebê que era casado e pela esposa que descobriu

Um crime extremamente bárbaro deixou todos chocados e vem chamando a atenção da população sobre o quanto as pessoas podem ser cruéis. Nas redes sociais por exemplo, esse assunto se tornou um dos mais comentados do dia.

Trata-se de um casal que foi encontrado dentro de um veículo totalmente carbonizados. Neste crime, o que mais chamou a atenção foi a crueldade sobre a forma com que o crime foi cometido.

Segundo informações, o casal foram incendiados vivos e a mulher ainda estava grávida. As vítimas, que só puderam ser reconhecidas pela família por causa do carro, foram identificados como Ellen Priscila Ferreira da Silva, de 29 anos Ely Carlos dos Santos, de 39 anos.

Informações das autoridades envolvidas na investigação do caso revelaram que o crime foi passional, tendo em vista que o filho que a mulher estava esperando é do principal suspeito.

Como é possível ver na foto, o carro ficou totalmente destruído pelo incêndio, o que tornou ainda mais difícil as identificações dos corpos.

Uma das coisas que chamou a atenção nesse crime, é que até o delegado responsável pelo caso ficou chocado com tamanha crueldade dos fatos, segundo o mesmo, disse que já viu de tudo durante sua longa trajetória de trabalho na polícia, mas esse caso foi realmente pesado. 

Essa barbaridade ocorreu na cidade de Coroados, em São Paulo. Devido a agilidade dos policiais quatro pessoas já estão presas suspeitas de participação no crime, sendo três masculinos e um feminino. Um dos homens era casado com a mulher e seria ele o pai da criança que a vítima estava esperando. Impressionantemente sua esposa sabia de tudo isso e mesmo assim participou do crime.