Após filho lhe desejar prisão perpetua, Goleiro Bruno diz que quer mesmo é saber do resultado de DNA

Nesta última terça-feira 11 de agosto, o goleiro Bruno comentou sobre o filho que teve com a Eliza Samudio, modelo que o próprio goleiro é acusado de ter assassinado em 2010.

Eliza Samudio decidiu pôr o nome de seu filho de Bruninho e atualmente ele tem 10 anos e vive com sua avó, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Durante uma entrevista, o Bruninho revelou que seu pai deveria ter ficado preso para sempre, que desejava prisão perpétua para ele.

O ex-goleiro acabou fazendo um relato em seu perfil oficial do Instagram e fala que ta esperando o resultado de DNA, que vai comprovar se Bruninho realmente é seu filho.

Essa história começou quando os seguidores do Bruno comentaram uma publicação no qual aparece ele com a filha mais nova, que teve com sua atual esposa. Nos comentários podemos ver que muitas pessoas perguntam sobre o Bruninho e que sentem falta dele.

Veja a publicação abaixo:

A avó de Bruninho revelou que no ano de 2010, ela e seu neto acabaram dando as amostras de DNA para que o exame seja feito, entretanto, o goleiro na época, recusou.

Há 10 anos, o goleiro havia recusado fazer o teste e disse que acreditava que o menino era realmente seu filho, entretanto, parece que ele mudou de opinião.

Vale lembrar que Bruno foi condenado por ter assassinado Eliza e por isso ele pegou uma pena de 22 anos e três meses na cadeia, ele também foi acusado de sequestro e cárcere privado do seu próprio filho com a modelo.

Depois de alguns anos, Bruno conseguiu ficar em regime semiaberto e parece que está tentando criar uma vida nova e foi até nomeado o novo goleiro do Rio Branco futebol Clube.

Via: extra.globo.com