Após ter assassinado a filha em 2008, como vive Alexandre Nardoni atualmente é de cortar o coração

Há doze anos um crime bárbaro envolvendo a família Nardoni chocou os brasileiros. Na época, a pequena Isabela Nardoni, de 5 anos, foi morta pelo pai e a madrasta. O brutal assassinato aconteceu em 2008 e ao ser lembrado, ainda causa grande sentimento de revolta na população.

Na ocasião, Alexendre Nardoni e sua mulher Carolina Jatobá, madrasta de Isabela, foram apontados como autores de um dos crimes de maior comoção nacional, pois eles teriam jogado a vítima da sacada do apartamento em que viviam na grande São Paulo.

Vale ressaltar que o casal nunca assumiu terem cometido tamanha crueldade, de acordo com eles, um assalto teria acontecido naquele dia e Isabela teria sido jogada do apartamento pelos bandidos que estavam no imóvel.

Uma investigação foi aberta pelas autoridades envolvidas no caso para saber o que de fato teria ocorrido naquele fatídico dia e concluíram que não havia ocorrido nenhum assalto nos arredores da residência da família na noite em questão e, isso, acabou culminando na condenação do pai e da madrasta da garota.

Segundo informações, o pai de Isabela teria que ficar detido até 2036. No entanto,
devido às leis brasileiras que favorecem quem comete esse tipo de crime, ele acabou ganhando o direito de cumprir em regime semiaberto por bom comportamento. Informações adicionais revelam que o pai e a madrasta não tem mais nenhum contato.

Alexandre, que ainda é lembrado como um monstro por algumas pessoas, é advogado e não pode mais trabalhar nessa função. Devido à pandemia, ele teve que voltar a cumprir sua condenação em regime fechado. Mesmo após passar tanto tempo que aconteceu o crime, sempre que o assunto vem à tona, o pai da pequena Isa é duramente criticado e, inclusive, muitos acreditam que Alexandre não deveria deixar a cadeia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *