Auxílio emergencial: Bolsonaro diz que benefício não é ‘aposentadoria’

Presidente Jair Bolsonaro participa da Cerimônia de Comemoração ao Dia Internacional do Voluntariado.

O presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro falou nesta sexta-feira, 28 de agosto que o programa do auxílio emergencial é apenas uma “ajuda” para a população e não uma “aposentadoria”.

Bolsonaro acabou fazendo esse comentário ao falar das pessoas que estão criticando a decisão dele de diminuir o valor do programa.

O presidente falou que, por mais que tenha pessoas que considerem o valor da parcela de R$ 600 pouco, o programa no fim de cada parcela, tinha um custo enorme.

Bolsonaro contou que no início do programa ele seria por apenas três meses, e no valor de R$ 600. E conta que ainda tem pessoas que acha que é pouco, entretanto o programa está custando R$ 50 bilhões por mês.

Ele ainda conta que não tem como manter esse valor porque vai endividar ainda mais o país. Ele afirmou novamente a prorrogação do auxílio até o final do ano, mas a parcela será menor que a atual.

Bolsonaro ainda fala que tem pessoas reclamando o tempo todo e contou que essa ajuda do governo não é aposentadoria.

Ele ainda disse que sabia que o valor era pouco para quem recebe, entretanto já ajuda.
Vale lembrar que nesta sexta-feira, Bolsonaro se reuniu com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, para conversar sobre a prorrogação do programa e acabaram decidindo que os próximos valores serão de R$300.