Bolsonaro critica proposta do Renda Brasil e afirma que projeto está suspenso; “Não posso tirar dos pobres”

O presidente Jair M. Bolsonaro falou nesta última quarta-feira, 26 de agosto, que precisou barrar uma versão do projeto de renda mínima, que tem o nome de Renda Brasil, o motivo é que ela iria prejudicar a população de baixa renda.

A ideia que foi apresentada pela equipe econômica de Bolsonaro e iria ser enviada ao Congresso, porém o presidente falou que não deixou o motivo seria que ela tiraria recursos de pessoas pobres e iria dar para outras mais pobres ainda.

“A proposta que a equipe econômica apareceu para mim não será enviada ao Parlamento, não posso tirar de pobres para dar paupérrimos”, Falou o presidente.

O Bolsonaro ainda disse que esse programa, que tinha que ter sido apresentado nesta terça-feira , está temporariamente “suspenso”. De acordo com o Bolsonaro, depois de não ter aprovado a 1ª proposta, ele falou que o governo irá “voltar a conversar”.

O anúncio que iria incluir anúncio dos detalhes do programa Renda Brasil, que pretende tomar o lugar do Bolsa Família e também de outros programas já existentes. O valor médio desse benefício deverá passar dos atuais R$ 190 para R$ 250 a R$ 300.

O governo também está pensando em um plano de recuperação econômica.

A ideia é viabilizar a execução de obras. Para isso, vai ser liberado mais de R$ 5 bilhões para obras ainda em 2020. O governo vai pedir o montante ao Congresso pelo projeto de lei. Para o próximo ano, o governo vai apresentar uma PEC (proposta de emenda à Constituição).

Via: G1