Cientista encontram embrião preservado de dinossauro que viveu há 80 milhões de anos

Pesquisadores acabaram fazendo uma super descoberta de um embrião de dinossauro que ficou preservado, mesmo ele vivendo cerca de 80 milhões de anos atrás. Essa descoberta em questão foi publicada nesta quinta-feira, 27 de agosto, através da revista chamada: “Current Biology”.


O dinossauro avaliado, é um saurópode, que é famoso por ter seu pescoço comprido e a cabeça pequena. Vale lembrar que esse é um dos dinossauros que aparece no famoso filme “Jurassic Park”.

Esse animal é um dos maiores que já viveu, segundo o que foi informado pelo pesquisador John Nudds, que é professor da Universidade de Manchester, e também é um dos autores do estudo que foi divulgado nesta semana.
Segundo o que foi dito pelo pesquisador, o embrião em questão tem apenas com um centímetro e meio de comprimento. Ele ainda fala, que ao ser chocado, o bebê do dinossauro poderia ter cerca de 10 a 12 centímetro de comprimento. E os adultos desta mesma espécie tinham cerca de 40 metros de comprimento.

O pesquisador ainda fala, que o ovo, provavelmente tinha que ser chocado depois de 60 dias. Após isso, que o dinossauro nascesse, o bebê então levaria muitos anos para que ele chegasse ao tamanho que normalmente um adulto desta espécie tem.

Os pesquisadores analisaram o embrião em questão, e ficaram cientes que o saurópodes tinham até mesmo uma espécie diferente que tinha um chifre no nariz, que servia para ajudar com que o bebê pudesse quebrar o ovo no momento em que nascesse.

Via: g1.globo.com