Colete salva a vida de um PF de tiro que foi efetuado por integrante do PCC durante operação

Um agente do PCC acabou sendo alvo da Operação Caixa Forte II, que foi deflagrada na manhã desta segunda-feira 31 de agosto, no Mato Grosso do Sul e também em muitos outros estados, acabou atirando contra um policial federal.

entretanto, esse disparo felizmente acabou acertando o distintivo no peito do policial e conseguiu parar no colete à prova de balas. Esse caso aconteceu na região do distrito de Sucuri, que fica em Cuiabá (MT).

Esse disparo foi dado no quando a equipe estava chegando em um dos imóveis que estava sendo usados pela facção. Os agentes se identificaram e não demorou muito para serem recebidos a tiros. Aconteceu um revide e o bandido acabou terminando preso portando um revólver calibre 38.

Esse criminoso vai responder por porte ilegal de arma de fogo e também por tentativa de homicídio.

Essa ação policial, que foi coordenada pela Ficco para realizar o sucesso do cumprimento de 600 mandados no Brasil todo, em busca de sufocar a estrutura logística de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro da facção.

Essas Investigações acabaram revelando que os integrantes que estavam matando policiais, delegados, promotores e também outras autoridades, estavam recebendo algumas mesadas generosas das lideranças da organização.

Fonte: Midiamax