Grupo de palhaços detidos após batida policial em velório

Grupo de palhaços foi detido em batida policia no velória, entenda mais esse caso…

A Polícia peruana deteve cinco palhaços que participaram do rastro de um colega, em descumprimento das medidas sanitárias que proíbem as reuniões devido ao novo coronavírus .

Grupo de palhaços sendo abordados:

“Eu honro seu trabalho, senhores palhaços, mas infelizmente vocês não podem ficar isentos de responsabilidade. Vocês cometeram um crime e infelizmente estão sendo detidos”, disse um oficial da delegacia de San Juan de Lurigancho, um dos bairros mais afetados pela pandemia. em Lima .

Veja também:

Notícia Importante: Equipe médica vê milagre de um garoto de 12 anos

“Você acha que isso é uma piada, você acha que pode tirar sarro da sociedade” participando dessas reuniões, o oficial censurou os palhaços que usavam rostos pintados, fantasias coloridas e perucas.

Junto com os cinco palhaços , a polícia prendeu três outras pessoas que participavam do velório em um bairro de San Juan de Lurigancho.
“Sei que é errado, mas é muito doloroso para nós perder um colega artista”, respondeu um dos palhaços, segundo a imprensa.

No Peru , festas e reuniões sociais ou familiares são proibidas pela pandemia, que infectou mais de 652 mil 37 pessoas e matou 28 mil 944, segundo o último balanço oficial.

Segundo as autoridades, as reuniões são a nova fonte de contágio.

No âmbito da luta contra o coronavírus;

O Peru prorrogou o estado de emergência até 7 de dezembro. Mantendo o fechamento de fronteiras e o toque de recolher noturno em vigor a partir de 16 de março.

O Peru ocupa o quinto lugar globalmente em número de casos e o nono em mortes. No entanto, proporcionalmente à sua população, desde a semana passada registra a maior taxa de mortalidade do mundo. Com 89,43 óbitos por 100 mil habitantes, segundo ranking elaborado pela Johns Hopkins University.

Fonte: R7