Homem pagava até R$ 5 mil para fazer sexo com meninas de 11 anos

O nosso país tem muitos problemas que podemos até pensar em considerar eles crônicos, mas a pedofilia é o pior problemas que enfrentamos no país.


Um homem de 50 anos, está envolvido em esquema de prostituição e o pedófilo Wolfika Sol Sol Leles, tinha muita exigência, e todas as meninas que iriam ser violentadas sexualmente por ele, tinham que ter no máximo 12 anos e não poderia ter mais de 39 quilos.

O rapaz acabou sendo preso durante uma operação sigilosa de flagra, quando estava saindo de um motel com duas jovens dentro de seu carro.

Uma das garotas estava com 15 anos e ela que aliciava outras meninas para o pedófilo, e em troca ele oferecia cerca de R$ 1,5 mil a R$ 5 mil por casa criança que ele conseguia ter uma relação.


Para não chamar muita atenção, o criminoso marcava esses encontros nos horários de 17h e 18h e sempre era nos dias do meio da semana. O acusado ficava intercalando cerca de três motéis diferentes em Ceilândia.

A outra garota que estava com ele no veículo, tinha 14 anos e foi apresentada como se tivesse 12, por causa de sua estatura baixa e muito esguia, o rapaz acabou acreditando que ela realmente tinha essa idade.

Quando chegou na delegacia, a jovem que foi apontada como organizadora dos encontros sexuais do pedófilo, admitiu toda a participação da parte dela nesse esquema de prostituição e por causa de sua idade ser menor que 18, ela foi ouvida na qualidade de vítima.

Fonte: Metrópoles