Mongólia relata outra morte causada pela peste bubônica

Esse foi o ano em que tivemos uma grande pandemia e que já tirou a vida de milhares de pessoas e parece que a cura  está distante de chegar. 

Entretanto, atualmente outra doença está querendo voltar e precisamos ter esperança que essa vai ser controlada. 

Um homem de 38 anos foi infectado pela doença da peste bubônica e o rapaz acabou perdendo a vida em Toson Sengel Soum, em Za Khan, na Mongólia. 

Em 2020, esse já é o terceiro caso da doença no país. 

Informações divulgadas afirma que esse homem comeu carne de marmota mês passado.

Cerca de 25 pessoas precisaram fazer exame para saber se estão contaminados, pois todos tiveram contato com rapaz, mas parece que ninguém contraiu a doença. 

Os outros dois casos da doença no país, um homem de 42 anos perdeu a vida para essa doença em província de Khovd também no último mês,o outro foi um jovem de 15 anos que acabou morrendo em Govi- Altay em Julho. 

De acordo com as informações divulgadas pelo Centro Nacional de Doenças Transmissíveis do local, cerca de 17 das 21 províncias da Mongólia ta atualmente correndo grande risco da doença da peste bubônica. 

Não podemos esquecer que essa doença é muito perigosa, e age muito rápido.

O motivo é que ela é  uma doença que acaba se espalhando devido as pulgas que vivem em animais selvagens,tipo as Marmotas e elas podem acabar com a vida de um ser humano adulto em menos de um dia, se ela não for tratada a tempo.