Mulher “cristã conservadora” culpa a menina de 10 anos pelo abuso: “Será que ela é tão inocente assim?”, comentário causa revoltas na Web.

E dessa vez, mesmo acontecendo essa repercussão toda do caso da criança de dez anos que foi abusada pelo próprio tio, pessoas ainda continuam compartilhando o ódio. Uma moça “Cristã conservadora” acabou culpando a menina de apenas dez anos por ter sofrido a violência sexual pelo tio. ” Cachorras no cio”.

Nesse último domingo, 16 de agosto, alguns religiosos que se auto proclamam provida tentaram invadir o Cisam, que é o Centro Integrado de Saúde Amauri de Medeiros, em Recife-PB, na intenção de tentarem impedir o aborto da garota de dez anos que foi violentada pelo tio, na cidade de São Mateus ES.

Depois a militante bolsonarista Sara Winter ter divulgado o nome da criança e também o local no qual iria ocorrer o procedimento legal, muitos fundamentalistas religiosos se reuniram em frente ao local para que fosse interrompido o procedimento.

A criança teve seu atendimento recusado no Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes (Hucam), e por causa disso ela viajou para capital pernambucana para fosse interrompida a gravidez.


Na internet a garota também passou por ataques, Sonely Almeida foi uma das extremistas religiosas que ofendeu a criança de apenas dez anos. Ela fala que é voluntária da Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus.


A criança que foi abusada pelo seu tio desde quando tinha seis anos, foi ao hospital para realizar o aborto legalmente, no entanto os religiosos se reuniram na frente da unidade e fizeram um protesto contra o médico o chamando de “Assassino”.
Fonte: Pragmatismo Político