Mulher que perdeu movimento das pernas ao ser empurrada por desconhecida do viaduto agora perde marido para a Covid-19 e clama por ajuda

Há cerca de dois anos atrás, Kátia Cristina, que tem 41 anos, viu sua vida ser transformada completamente após ser vítima de um ataque na rua. Ela estava caminhando em direção ao trabalho, quando do nada foi surpreendida por uma moça desconhecida que a empurrou de um viaduto.

A vítima caiu de uma altura de cerca de 3 metros e acabou ficando desacordada devido a queda, e só retomou a consciência no hospital, local em que recebeu a notícia de que tinha perdido o movimento das pernas. A vítima, que trabalhava como diarista, passou a depender do auxílio do governo.

A situação piorou quando o marido de Kátia morreu, vítima de coronavírus. Segundo a reportagem do Balanço Geral, a família que tem 4 membros agora depende integralmente de apenas um salário mínimo para sobreviver.
.
A renda que é garantida foi um benefício que foi conquistado por Kátia, que foi vítima do ataque de uma moça desconhecida. Na casa da diarista mora com as 3 filhas está precisando de uma reforma e a família atualmente pede ajuda, através de uma vaquinha online, o valor seria de 20 mil reais e a Kátia ainda tem esperança que vai voltar a andar e assim conseguir dar conforto para as suas filhas.

Via: youtube.com