Neta de Flordelis e 5 filhos da deputada foram presos por ter participado na morte do pastor Anderson do Carmo

Nesta última segunda-feira, 24 de agosto, seis pessoas foram presas na operação que foi organizada pela Polícia Civil e o MP.
Os seis envolvidos estão sendo acusados somente por ter tido participação na morte do pastor.

O assassinato cruel do pastor ocorreu em junho de 2019, e naquela época o Brasil ficou em choque com toda frieza que tiveram ao assassinar o pastor dentro de sua própria residência.
De acordo com a Polícia e o MP que finalizaram as investigações desse caso, quem seria a mandante do crime seria a deputada e mulher da vítima, Flordelis.

Das 11 pessoas que foram acusadas por participação na morte do pastor, só a Flordelis não pode ser presa, porque ela é privilegiada por causa do cargo.
Os restantes já foram denunciados e presos nesta última segunda-feira, vale lembrar que a neta da deputada foi presa em Brasília.

Fora essas pessoas, também tem os dois filhos da deputada que foram presos no ano passado.
Flordelis terá que responder por: homicídio, falsidade ideológica e outros crimes.
Muita pessoas já desconfiava que a deputada era a mandante desse crime, por causa de todos os bens que o rapaz tinha. O que mais incomoda, é que nas primeiras entrevistas sobre esse caso, a deputada cita diversas vezes o nome de Deus, mas ela não lembrou desse Deus no momento em que decidiu cometer esse crime.

Via: noticias.uol.com.br