Padre investigado por lavagem de dinheiro fala com o Fantástico e afirma que vai provar sua inocência

Nesta última semana, o padre mais conhecido do país, Robson de Oliveira, está sendo investigado por ser líder de um esquema bilionário de lavagem de dinheiro e também por desvio de verbas.


Vale dizer que a Basílica do Divino Pai Eterno, que fica na cidade de Trindade, no estado de Goiás, está sendo alvo de investigação.


Vale lembrar que essa basílica está sendo construída desde o ano de 2012. O ministério Público do estado de Goiás, creem que essa obra tem muitas irregularidades.


A polícia também suspeita que o padre esteja usando o dinheiro das doações dos fiéis para outras coisas que não seja a construção do templo religioso.

Existem provas que mostram que o padre estava gastando o dinheiro com fazendas, casas e até aviões.

Há mais de 3 anos que o padre estava sendo investigado e aconteceu muitos monitoramentos de atividades suspeitas.

Nesse período, ocorreu mais de 1200 transações que foram analisadas cuidadosamente.

Isso tudo para que nessa última sexta-feira, 21 de agosto, as autoridades pudessem finalmente agir nesse caso.


Vale lembrar que a casa do padre e mais 15 locais estão com mandados de busca e apreensão.


Essa operação foi feita e transmitida no último domingo, 23 de agosto, no programa da Globo, o Fantástico.

Vale lembrar que o padre se defendeu das acusações pelas redes sociais, e contou que nunca participou de nenhuma atividade criminosa.

Via: g1.globo.com