Pais vendem recém-nascido para pagar pela cesariana

Pais vendem recém-nascido após hospital após serem obrigados pelo hospital a pagar pela cesaria.

Na internet acabamos nos deparamos com muitas notícias que parecem ser ficção de tão absurdas, outras são muito dolorosas e difíceis de se imaginar.

Foi assim que os internautas e telespectadores se sentiram quando a notícia que acabou causando revolta e espanto em todos, o caso foi noticiado pela revista Marie Claire, do Grupo Globo, no qual fala que um casal precisou vender o filho recém-nascido para pagar a conta do hospital onde a mulher deu à luz.

De acordo com essas informações, o nascimento do 6º filho do casal indiano, acabou se tornando um pesadelo sem precedentes para a família, que não tinha condições para pagar os gastos do hospital local onde fez uma cesariana na moradora da cidade de Agra, norte da Índia.

Veja também:

Brasil e palco de testes com vacina; “somos cobaias” afirmou opositor


Devido a pandemia, o casal Shiv Charan e Babita estão vivendo uma situação vulnerável, que piorou depois que o pai de família perdeu o emprego.

Pressionados pelo hospital, o casal que não sabe ler nem escrever,acabou vendendo o filho por cerca de 100.000 rúpias, que seria mais ou menos cerca de: 7,4 mil reais. Em uma entrevista, a mãe conta que pediram para que eles colocassem as digitais em todos os papéis no hospital.

Segundo informações da mídia local, hospitais desta região são famosos por coagir pais carentes a darem seus bebês em troca de dinheiro.


Por via de uma nota, o hospital alega que: “Essas afirmações estão erradas”, disse Gupta. “Não o obrigamos a desistir do filho.

Ele o fez por conta própria. Existe uma cópia do acordo escrito assinado pelos pais, expressando sua vontade. ”

Via: revistamarieclaire.globo.com