Polícia prende PMs suspeitos de armar plano para matar MC Poze

Reprodução: O dia

Uma operação foi feita nessa manhã de terça-feira, 8 de setembro de 2020, com a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense que contou com o apoio da Draco, eles acabaram prendendo dois policiais militares que estão sendo acusados de ser integrante de milícia que age na região de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense do Rio de Janeiro.

Esses PM’S que foram detidos também são suspeitos de planejar o assassinato do cantor de funk MC Poze.

Segundo as informações das investigações, um dos rapazes que foram presos, é o líder de uma organização criminosa que está diretamente ligada ao miliciano Ecko e também ao chefe da facção criminosa do RJ, Doca.

Parece que o tal miliciano apelidado de Ecko ofereceu R$ 300 mil para que os rapazes sequestrassem e entregasse o cantor para que ele pudesse matar.

O PM até foi aguardar o cantor perto da comunidade de Nova Holanda, porém ele não conseguiu executar o plano.

Fora isso, os PMS contataram que esse grupo ele tem lucros devido a exploração de sinal clandestino de TV e também de internet, que conseguiram por via de roubos e também de extorsões. Vale lembrar que o alvo deles, era pessoas que recebiam grande quantia de dinheiro, tinha até uma senhora que recebeu R$ 150 mil pelo seguro de vida.

Fonte: R7