Só 10% dos que tiveram o auxílio emergencial bloqueado voltam receber

Apenas 10% de 1,3 milhão de cidadãos brasileiros que teve o auxílio emergencial bloqueado, vão conseguir voltar a receber.

De acordo com o Ministério da Cidadania, depois de precisar por uma nova verificação, apenas 148 mil beneficiados foram considerados pessoas elegíveis e que vão conseguir receber as parcelas que estavam pendentes.

Veja também:

Bolsonaro vai oficializar prorrogação do auxílio emergencial AMANHÃ

.As pessoas que conseguiram receber a primeira parcela nesses meses anteriores, mas acabaram tendo, logo em seguida o pagamento bloqueado no mês de agosto, por causa de funções de atualizações de dados, para verificar os dados oficiais.

Um pouco mais da metade das contas poupanças digital que foram bloqueadas no mês de julho pelo aplicativo que as pessoas conseguem movimentar o pagamento de auxílio, apresentaram uma grande suspeita de fraude.

Já as outras pessoas, parece que o acesso foi bloqueado por causa das inconsistências na hora do cadastro.


Vale lembrar que essas pessoas que foram bloqueadas, vão precisar refazer um novo cadastro para ter um novo acesso para o aplicativo e assim, conseguir enviar todas as documentações que ficaram pendentes. Já as outras pessoas, precisaram fazer uma regularização em uma das agências bancárias da Caixa.


Qualquer novidade sobre o auxílio emergencial, será divulgado aqui, então fica sempre de olho para se manter atualizado.

Via: R7